Museu Nacional de Bargello

Museu Nacional de Bargello

Apesar de não ser tão conhecido como os dois anteriores, o Museu Bargello reúne a maior coleção de esculturas italianas dos séculos XIV ao XVI. Só para ver o edifício já valeria a pena pagar o ingresso.

O Museo Nazionale del Bargello reúne a maior coleção de esculturas italianas dos séculos XIV ao XVI, assim como armas e armaduras, medalhas dos Médicis e outros trabalhos de bronze e marfim.

O Palazzo de Bargello tem uma estrutura que lembra a de um castelo e sua construção começou em 1255. Depois de quase um século de obras, destroços e reformas, adotou seu aspecto atual em meados do século XIV.

O museu abriu suas portas em 1865 exibindo obras como o David de Donatello ou o Baco ébrio de Michelangelo.

Usos do palácio

No início, o Palácio Bargello serviu como residência ducal e sede do governo de Florença.

Desde 1574 até meados do século XIX, o edifício serviu como prisão da cidade e como residência do capitão de polícia (o Bargello). No seu pátio aconteceram execuções até o final do século XVIII.

Vale a pena?

Mesmo que este edifício não abrigasse uma das maiores coleções de escultura do renascimento italiano e outros objetos importantes, ainda assim seria uma das visitas mais interessantes de Florença. Assim como acontece com o Palazzo Vecchio, a arquitetura e a decoração dos seus andares merecem a visita.

Horário

Todos os dias: das 8:15 às 17:00 horas.
Fechado: segundo e quarto domingo do mês; primeira, terceira e quinta segunda do mês.

Preço

Adultos: 8€.
Jovens entre 18 e 25 anos: 4€.
Menores de 18 anos: entrada gratuita.

O preço pode sofrrer alterações se houver exposições temporárias.

Transporte

Ônibus: linhas A, 14 e 23.

Lugares próximos

Palazzo Vecchio (198 m)
Piazza della Signoria (209 m)
Galeria Uffizi (288 m)
Museo dell'Opera del Duomo (293 m)
Campanile de Giotto (319 m)