Como chegar a Florença

Como chegar a Florença

Localizada entre Milão, Roma e Veneza, Florença é um destino facilmente acessível de todos os pontos da Europa.

Não há voos diretos saindo do Brasil com destino a Florença, mas diversas companhias levam à cidade italiana com escala em outras cidades europeias.

Avião

Para chegar até Florença, há duas opções: voar para o Aeroporto de Florença ou para o Aeroporto de Pisa, situado 100 quilômetros a oeste da capital toscana.

Para os brasileiros, o Aeroporto de Florença é a melhor escolha, pois há mais opções de voos. É possível viajar com companhias como Alitalia, Air France, KLM, Lufthansa e Swiss, fazendo escala em Amsterdam, Frankfurt, Paris, Roma ou Zurique.

Caso você esteja fazendo uma viagem pela Europa, há diversas companhias low cost que chegam a Florença e a Pisa.

Companhias low cost que voam a Florença:

  • Vueling - Com saídas da Espanha, França, Inglaterra, Alemanha, Grécia e outras cidades da Itália.

Companhias low cost que voam a Pisa: 

  • Vueling – com saídas de Barcelona e Londres. 
  • Ryanair – com saídas de Portugal, Espanha, Reino Unido, Alemanha, Bélgica e outras cidades da Itália.

     

Para encontrar voos baratos a Pisa ou Florença, você pode usar o nosso buscador de voos. Nós comparamos com os principais sites e encontramos o melhor preço. 

Se você já comprou o voo, nos seguintes links você verá informações sobre os dois aeroportos e como ir até o centro de Florença

Como ir dos aeroportos até Florença?

Aeroporto de Pisa

O Aeroporto de Pisa (PSA) é o aeroporto mais importante da Toscana. Saiba como ir do Aeroporto de Pisa ao centro de Florença.

Aeroporto de Florença

O Aeroporto de Florença (FLR) é o segundo aeroporto mais importante da Toscana. Saiba como ir do Aeroporto ao centro de Florença.

Trem

Outra alternativa para chegar a Florença se você já está na Europa é ir de trem. A estação de Santa Maria Novella é o destino de muitos trens italianos. Chegar a Florença de trem é a melhor opção para os viajantes que estejam em Roma, Milão ou Veneza. 

Você pode consultar os horários e as tarifas dos trens no site da TGV ou da Ferrovie dello Stato. Também é possível reservar online, e às vezes chega a ser também mais barato. 

Carro

Como todo o centro histórico da cidade pode ser visitado caminhando e há diversas ruas de uso exclusivo de pedestres, Florença não é o melhor destino para ir de carro. Caso você viaje de carro, esteja atento ao local onde irá estacionar, já que há zonas exclusivas de estacionamento para residentes e o seu veículo pode ser retirado e você terá que pagar uma multa se o deixar em uma dessas zonas.

Se você quiser conhecer Siena, Pisa, Lucca e outras cidades da Toscana, você pode alugar um carro ou fazer excursões organizadas.